10 de jan de 2013

Atualidades em Foco: América Latina 2013



Não se trata de uma grande atualidade dizer que a América Latina passa por um momento de muitas tensões, pois ela nunca deixou de ser palco de confusões, transições e especulações. Porém vale a dica: 2013 tem suas particularidades que merecem atenção:

Hugo Chávez - Venezuela 

A primeira grande expectativa sobre este ponto do mundo está na Venezuela e o futuro de Hugo Chávez, pois o seu estado de saúde o impediu de tomar posse nesta quinta-feira, dia 10, após um controverso jogo político que considerou legal o adiamento de sua posse. É possível esboçar que se Chávez não assumir a Presidência pode chegar ao fim a “revolução bolivariana”, um movimento populista de esquerda inaugurado por ele, marcado pela nacionalização econômica, pelo o aumento de projetos sociais e a ampliação dos poderes presidenciais.

Raul Castro - Cuba

A Venezuela tem em Cuba sua principal aliança na América. A ilha cubana vem passando por grandes mudanças desde que Fidel Castro deixou o poder em 2008, sendo que as mais significativas são: a nova lei migratória que entra em vigor este mês (ela promete encerrar com as restrições para que cubanos saiam da ilha) e o aumento dos impostos.

Cristina Kirchne - Argentina

Na Argentina, a presidenta Cristina Kirchne vê a sua popularidade cada vez mais em baixa devido a sua política econômica, sendo, inclusive,  acusada de manipular dados sobre a inflação argentina. Além disso o governo é acusado de forte censura dos meios de comunicação a partir da aprovação da Lei da Mídia, que na prática controla, em especial, o Clarín, maior grupo de comunicação do país e diga-se de passagem também a maior oposição pública de Kirchne.

José Mujica - Uruguai 

O Uruguai se destaca pelo desdobramento de projetos polêmicos lançados em 2012: o Congresso uruguaio aprovou a descriminalização do aborto e a Câmara aprovou o casamento gay, que será votado em abril pelo Senado. Ainda este ano será estudado pelos parlamentares o projeto de produção e comercialização da maconha pelo Estado, tendo o presidente, José Mujica, como grande defensor dessa ideia.

*

 Já o Paraguai está em ano eleitoral, após um tenso processo de impeachment do Presidente Fernando Lugo em junho de 2012. Alias é ano eleitoral também no Chile e no Equador.

É isso ai,
FORÇA SEMPRE e


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, coloque seu nome e alguma identificação (cidade, profissão ou instituição).

Se for aluno do RAFAEL, coloque seu nome e série !

Os comentários NÃO são publicados diretamente no BLOG !!! Primeiro eu leio, aceito e posteriormente eles entram no ar ! ! ! !

= ]