21 de jan de 2013

Atualidades em Foco – Desafios do Obama


O senhor Barack Obama toma posse no dia de hoje do seu 2º mandato nos Estados Unidos da América. Quando assumiu a primeira vez havia uma expectativa mais otimista ou quase heroica em cima da figura do presidente. 

Capa da Revista do Homem Aranha com Barack Obama em 2008

O presidente Barack Obama levanta o braço direito e faz o juramento diante do juiz John Roberts, presidente da Suprema Corte Foto: AP
Obama faz o juramento em sua posse em 2013

Obviamente que existe um simbolismo histórico, 1º por ser o primeiro presidente negro da História dos EUA, que tem um passado delicado em relação aos negros e depois por dar um respiro democrata após o governo republicano de George W. Bush.

Obama começa hoje seu 2º mandato com alguns desafios não muito novos. Primeiro temos que considerar que ele não tem maioria no Congresso, dominado por republicanos, depois no campo externo a questão bélica continua com destaque: a interminável guerra no Afeganistão e a Guerra na Síria, em que os EUA devem continuar atuando no campo da diplomacia, sem uma intervenção militar. Ainda no plano externo continua arrastada a tentativa de impedir o Irã de produzir armas nucleares e em relação à América Latina pouca deve se modificar.  

Vamos destacar três grandes desafios para Obama, muitos tantos poderiam ser citados, porém três me despertaram interesse ( com imagens do dia de hoje ):

Talvez seja o seu maior desafio. Ele precisa alavancar a economia após os respingos finais da grande crise econômica, que ainda afeta consideravelmente a Europa. Obama precisa se equilibrar num Congresso republicano que exige cortes no orçamento.

Após conseguir grande apoio do eleitor de origem latino-americana, Obama prometeu encaminhar um projeto para modificar a lei do imigrante, para tornar mais fácil de legalizar os imigrantes já radicados não país que não estiverem ligados a atividades ilegais.

Um assunto novo que entrou na pauta presidencial após tantos casos de massacres em escolas e universidades públicas nos EUA.  Um desafio e tanto em um país que garante o direito a ter arma a cada cidadão norte-americano e com uma indústria bélica bastante forte. Isso sem falar na grande oposição republicana que alega que atacar as armas e esquecer-se da educação das crianças não é o melhor caminho.

É isso ai,
Força sempre e

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, coloque seu nome e alguma identificação (cidade, profissão ou instituição).

Se for aluno do RAFAEL, coloque seu nome e série !

Os comentários NÃO são publicados diretamente no BLOG !!! Primeiro eu leio, aceito e posteriormente eles entram no ar ! ! ! !

= ]