21/08/2008

1968 – O Ano Mágico de Nossa História

Texto de Rafael Noronha
Introdução
O ano de 1968 – embora deixado um pouco de lado devido a movimento inicial pelo ano de 1808 (chegada da família real portuguesa ao Brasil) – vem ganhando mais destaque ao longo de 2008, pela sua representatividade histórica. Livros, revistas e jornais mostram estudos sobre o tema e quem teve a oportunidade de ir à Bienal do Livro 2008 (e conseguiu encontrar!), pôde ver a exposição “1968, Mordaça no Estadão”, que exibiu jornais censurados do Estado de S. Paulo na época da Ditadura Militar no Brasil. Além disso, especialistas afirmam que o ano 1968 deverá disputar espaço com 1808 nas provas de vestibular!
Para Pensarmos
Como pode um ano, um específico ano ser tão simbólico e representativo em nossa História?

Mitos, verdades e histórias a parte, o fato é que o ano de 1968 foi importante no Brasil e no Mundo.

O mundo vivia em plena Guerra Fria e seus desdobramentos.

O Brasil vivia em plena Ditadura Militar.


Anos de Chumbo no Brasil, durante a Ditadura Militar

Ou seja, dois momentos únicos em nossa História, conectados por um mundo de transformação.

Conectados?

Bom, não havia Internet, mas a televisão fazia bem o papel de unir o mundo pela recém nascida globalização.

Observe alguns fatos importantes:

30 de Janeiro – em plena Guerra do Vietnã: os vitcongues lançam a “Ofensiva Tet” contra os norte-americanos no ano novo vietnamita. A Guerra do Vietnã gerou uma série de protestos no mundo.

Em 5 de Fevereiro: estudantes da Espanha e da Itália ocupam universidades e na Alemanha um consulado americano.

17 de Março: estudantes atacam a embaixada americana em Londres

4 de Abril: Martin Luther King, importante líder negro na luta contra o preconceito nos EUA, é assassinado.

Maio de 68: na França, estudantes fazem uma série de protestos, seguidos de protestos dos trabalhadores
Manifestação dos Jovens em Paris


5 de Junho: o pré candidatado democrata, Bob Kennedy é assassinado nos EUA

26 de Junho no Brasil: é realizada a Passeata dos Cem Mil, contra a Ditadura

Passeta dos Cem Mil contra a Ditadura Militar

Cena da Passeata dos Cem Mil, no Rio de Janeiro
20 de Agosto: tropas soviéticas invadem a Tchecoslováquia e colocam o fim no sonho de um socialismo mais humano, começado em maio de 1968, que tinha dado início à Primavera de Praga.

15 de Outubro no Brasil – prisão dos líderes do movimento estudantil no Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE)

Ufa! Essas são apenas alguns fatos que marcaram 1968. Um ano em que a juventude mostrou que “que quem sabe faz a hora, não espera acontecer”, como diria a canção de Geraldo Vandré, em que muitos ainda acreditavam em um socialismo mais humano, em que a música dos Beatles, Jimi Hendrix e Janis Joplin embalava a juventude mundial, assim como no Brasil um movimento musical chamado Tropicalismo, liderado por Caetano Veloso, servia como voz para aqueles que queriam um novo país, da mesma forma que a cultura do PAZ e AMOR dos Hippies se espalha pelo mundo e o Brasil girava feito a roda-viva de Chico Buarque, em especial no final do ano, com o Ato Institucional nº 5.


A Explosão Hippie com o Musical "Hair"
Capa do Disco de Caetano Veloso

Beatles - a voz da juventude naquela época

Desde o início da Ditadura Militar em 1964, o governo fazia uso dos Atos Institucionais, com peso de leis, para conseguir se manter no poder. O Ato Institucional Nº 5, o AI-5 foi o golpe mais duro dos militares, pois com ele o Presidente assumia todos os poderes, podendo decretar o recesso do Congresso Nacional, intervir nos estados e municípios, cassar mandatos parlamentares, suspender, por dez anos, os direitos políticos de qualquer cidadão, decretar confisco dos bens considerados ilícitos e suspender a garantia do habeas-corpus. A partir disso a Ditadura Militar assume a sua forma mais violenta e nem a música “É Proibido Proibir” de Caetano Veloso conseguiu impedir a proibição geral que se instalou no Brasil.

Jornal Anuncia o AI-5


Considerações Finais
A partir desse breve resumo sobre 1968 é possível imaginar por que 1968 foi tão marcante em nossa História, contudo, por que 1968?
Zuenir Ventura, autor da obra “1968: o Ano Que Não Terminou”, afirmou, em entrevista à Revista Época que:



Foi um ano muito especial. Um momento de uma sintonia mágica, misteriosa. [...] Achava que se podia mudar tudo através da ruptura, da revolução. A ironia da história é que eles [os jovens] não fizeram a revolução política, mas acabaram fazendo a revolução cultural”



Um ano especial e em outro momento histórico, contudo, será que hoje nos falta um pouco mais desse espírito revolucionário de 1968?



Fontes de Pesquisa:

Revista Época – Reportagem “1968 – o ano das transformações” – 7 de Janeiro de 2008

Revista Aventuras na História – “1968 – o ano que moldou o mundo” – Maio de 2008

Revista História Viva – “1968 – o ano zero de uma nova era” – Maio de 2008

Site FGV – CPDOC – “O AI-5: O Golpe Mais Duro do Regime Militar” -
http://www.cpdoc.fgv.br/nav_fatos_imagens/htm/fatos/AI5.htm

32 comentários:

  1. Oi, gostei muito do seu blog.

    Parabéns!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. nois gostamo muito...
    Parabens...
    isso nos ajudou muito a entender a mateira...

    waabrass fessor...

    felipinho , valentin

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    Rafael ficou muito legal o seu resumo sobre o grande ano de 1968.
    Nesse ano o Brasil estava em ditadura militar,foi ano que teve a grande passeata dos 100 mil,que tinha como objetivo acabar com a ditadura militar,mas infelizmente só atrapalhou mais a situção,o governo criou o al 5,quem tinha como objetivo a proibição das manifestações populares,e governo tomou o pode legislativo,justiciário e executivo.
    O mundo estava em plena guerra fria
    estados unidos capitalista e união soviética socialista.Em que mais tarde o capitalismo iria ganhar.Enfim foi um ano que o correu muitas manisfestações populares contra o governo,a juventude foi o protagonista desta história.
    Fábio Henrique n°9

    ResponderExcluir
  4. A matéria foi mto loka fessor,as explicaçoes foram otimas...até fui bem na prova ! Valeu professor.
    Resposta da pergunta:Acho q as pessoas deveriam protestar mais pelos seus direitos.
    Breno e Felipe A.

    ResponderExcluir
  5. Jamaica e Gabriel Khachab
    9 ano
    Bom , gostamos mto do seu blog ,pena q ñ nos ajudou mto pois a prova ja tinha passado mais deixa para a proxima prova e q nos tiramos um 8
    Nos achamos q as pessoas deveriam ter mais espirito revolucionario
    flw
    wabra

    ResponderExcluir
  6. Fessor xD
    A pergunta nos faz pensar nos jovens de hoje que não querem nada com a vidaa e não fazem nada para ajudar a mudar o mundo. =[

    1968 foi um ano importante para marcar o Brasil, por suas guerras, protestos dos jovens que antigamente lutavam pra um mundo melhor.

    Elisa, Thaís n° 7, 26 xD

    ResponderExcluir
  7. Iris - 15
    Marcos - 22
    Israel - 17

    O ano de 1968 foi realmente de grande importância pra nosso mundo.
    Através de todos os movimentos ocorridos ao redor do mundo, a juventude, principalmente no Brasil, acompanhada dos movimentos liderados no ramo da música, sentiu-se estimulada a ir atrás de seus objetivos relacionados à política do país. Hoje, são poucas as pessoas que se importam, realmente, pro caminho que o mundo e a politica do mesmo estão seguindo. São poucos também os movimentos e a estimulação das demais pessoas para se juntarem e manisfestarem com um objetivo em comum. Conclui-se, então, que é necessária muito mais motivação para os jovens que serão o futuro do Brasil e do mundo.

    ResponderExcluir
  8. Olá,pessoal.

    Antes de tudo,gostaria de agradecer ao professor Rafael por ter feito esse texto sobre o ano de 1968 para ajudar-nos a entender-nos mais sobre esse tema.
    O ano de 1968 foi marcado por diversos fatos,como disse o texto.
    Na música ''revolution'' dos beatles diz bastante sobre o papel da juventude na revolução.O significado da letra é revolução.
    As músicas de diversos grupos ''conquistaram'' o mundo e incetivaram uma juventude que ligava para o seu mundo.
    Hoje nos falta um pouco mais desse espírito de agir,nos falta o espírito da ''cara-de-pau'',nos falta o espírito de lutar naquilo que acreditamos.
    Par quem estiver interessado,o texto''pra não dizer que não falei da juventude''.Aí vai um trecho:''Onde foram os jovens que enfrentam canhões?
    Onde foi a música que arrastou multidões?
    Onde foi o sonho de o mundo mudar?
    Será que todos eles pararam de sonhar?''.
    Espero que essa poesia incetive os jovens a pensar por um mundo mais justo.

    Lucas Gomes de Almeida,nº20-9ºano

    ResponderExcluir
  9. Felipe Souza e Velntin

    9ºano

    Eu acho que precisamos sim , um pouko do espirito revolucionario ...
    Pois com esse espirito , podemos ter um pouko mais de poder critico , duvidar e acreditar ... Naum deixando o governo tomar conta da gente ..... É isso

    Gostamos muito do seu blog ...

    Parabens ...

    Abraxxx Fessor

    ResponderExcluir
  10. Adilson e Jack
    9°ano
    A ditadura militar foi uma epoca marcante na historia basileira assim como a guerra fria para o mundo com tempos de violencia e repressao por todo o mundo.Nesse meio 1968 foi especialmente importante por todos os acontecimento que ocorreram pelo mundo e as manifestações e o Ato Intitucional N°5 no Brasil que
    com ele o Presidente assumia todos os poderes, podendo decretar o recesso do Congresso Nacional, intervir nos estados e municípios, cassar mandatos parlamentares, suspender, por dez anos, os direitos políticos de qualquer cidadão, decretar confisco dos bens considerados ilícitos e suspender a garantia do habeas-corpus.
    E marcou a pior passagem da Ditadura Militar.

    ResponderExcluir
  11. Júlia & Carol 8P
    Um ano especial e em outro momento histórico, contudo, será que hoje nos falta um pouco mais desse espírito revolucionário de 1968?

    • Realmente falta um espirito revolucionário. Os jovens de hoje em dia não se empenham para fazer do mundo um lugar melhor!
    • Com esse texto podemos entender melhor os acontecimentos históricos da ditadura no Brasil e no mundo.

    besitos ;*

    ResponderExcluir
  12. Queridissimo Raff's!
    Achamos muito interessante essa matéria sobre Ditadura Militar, pois esse texto e essas imagens nos ajudou a compreender melhor a matéria e exclarecer dúvidas que ainda existiam, e com essas imagens conseguimos entender como era a censura aplicada aos brasileiros.
    E sobre a questão nós achamos que falta sim um espirito revolucionário porque os jovens de hoje não se importam com o que acontece como os de antigamente que se preocupavam em reinvindicar seus direitos e sua liberdade...

    Beijos!
    Gabii e Rafaa! ♥

    ResponderExcluir
  13. Antonio e Mateus
    9°ano
    È , um ano de violência e ao mesmo tempo de mistura cultural...
    pelo menos a ditadura serviu pra alguma coisa...

    Mas acho q em muitas pessoas sumiu totalmente o esoirito revolucionario so em algumas ele continua

    ResponderExcluir
  14. O ano de 1968 foi marcante para a história do Brasil.
    Naquela época, ao contrário de hoje, os jovens lutavam pelos seus direitos, o espírito revolucionário era bem mais evidente.
    Muitas passeatas foram realizadas a fim de ajudar, mas o governo infelizmente não entendeu assim.
    As pessoas deveriam reascender o espírito revolucionário que existe dentro delas.

    Annelise e Washington-3ºEM

    ResponderExcluir
  15. sim, antes o nosso brasil tinha espírito de lutar mesmo pelo aquilo que quer, pelos nossos direitos como ser humano, mias hoje em dia as pessoas ja nao sao como antes, as pessoas nao tem muita importancia com o nosso brasil e com o nosso povo " aqui ta tudo bem, foda-se a politica" (ex)
    somos muitas vezes pessoas que nao da pra se reconhecer como gente =\

    ramon *;

    ResponderExcluir
  16. Professor, é muito gratificante saber que em 1968 os jovens tiveram a coragem de lutar por algo unidos com uma única só vontade!
    INDEPENDENTE do fato que foi um ano turbulento, é importante saber e talvez até se orgulhar dos jovens.


    Yuri
    Taís
    3° EM

    ResponderExcluir
  17. O ano de 1968 foi muito marcante para o mundo e, especialmente, para o Brasil.
    A ditadura, as revoluções, a passeata, a censura...possuir qualquer conhecimento ou, até mesmo, uma relíquia da época (né Rafael???) é acima de tudo, uma demostração de interesse com a história desse país, que ficou tão marcada e mudada a partir desse ano, das suas transformações, do AI5, e principalmente, da coragem do povo enfrentar essa situação, esse espírito revolucionário, que lutou contra dificuldades muito maiores dos que as que temos hoje, e que não nos atrevemos a encarar.

    valeu por 'cancelar' a parada da geórgia! xD

    Mariana, 3º

    ResponderExcluir
  18. Carolina Werkhaizer:
    Bom achei que o material colhido pelo professor, foi muito bom ,mas não é a história completa do ano de1968, pois não traz a visão dos dois lados:esquerda e direita..no texto podemos constatar somente o lado 'esquerdista'.O jovem deve sim, revolucionar e contestar regimes autoritários, corrupção ou qualquer tipo de governo que não seja o 'certo'. Então,para mim o ano de 1968 trouxe muitas mudanças para todo o mundo.

    Camila Carriço e Bruna Veiga

    APOIADO !!!
    BOM DIA PROFESSOR *-*
    Temos que mostrar os dois lados da moeda ! Mas o resumão ficou muito bom e bem feitinho !
    beijos das aluninhas ;**

    ResponderExcluir
  19. O assunto em questão foi bem resumido , é indiscutivel que o ano de 1968, não só esse ano mais sim toda a epoca da ditadura militar, foi de grande avanço para a cultura nacional , onde a participação dos jovens na politica foi intensa e profunda.
    A nação inteira foi envolvida por um sentimento de mundança, de rebelião e liberdade, todos os jovens iam as ruas em prol de um unico sonho, um unico obejetivo.

    Lara nº12
    Lia nº14
    3º EM

    ResponderExcluir
  20. será que nos falta um pouco do espírito revolucionário?
    provavelmente..
    apesar de serem totalmente limitados em suas ações em 1968,
    nao deixam de pensar em como se livrar dessa ditadura,
    e colocava os planos em ação.

    mas agora,
    parece que estamos com medo de reinvidicar os direitos,
    e deixando tudo passar, empurrando com a 'barriga',
    por acreditar nao ter mais solução..

    particularmente,
    eu me envergonho de pensar assim,
    e sabendo que eu posso votar,
    eu estou quase decidindo deixar pros 18 anos mesmo, pq todos os canditados, parecem dizer a mesma coisa, e nao acreditar em nada..

    Luiza Del Grande, 16

    ResponderExcluir
  21. O ano de 1968 realmente teve seu marco na história.
    Nesse mesmo ano, o Brasil passou pela Ditadura,desencadeando a passeada dos 100 mil no Rio, com o objetivo de banir a ditadura, e tambem acompanhada com varias criticas que a musica brasileira expunha na epoca, fazia cada vez mais as pessoas correrem atras de seus desejos politicos.
    Foi um ano que realmente ocorreu varias manisfestacoes de jovens principalemente conta a politica e o governo.
    Podemos resumir como um ponto forte, que incentivou essas criticas e acoes,foi a musica, que fez muitos jovens marcarem essa epoca,e a colocando como um ponto forte em nossa historia.

    Amanda e Raphael Sanches - 3 Em

    ResponderExcluir
  22. Podemos perceber que o ano de 1968 foi um grande destaque da história brasileira.
    Achamos também interessante citar sobre a música dos Beatles que diz bastante do valor da juventude na sociedade.E que queriam buscar um incentivo para os jovens lutarem pelo o que queriam.
    Eram tempos em que o mundo estava em guerra fria, Estados Unidos capitalista e união soviética socialista.Houve diversos conflitos em que no fim o capitalismo iria ganhar.
    Mas tudo se deve a juventude da época!

    Juliana n° 10
    Nathália n° 23

    ResponderExcluir
  23. Algo muito visível na questão da Ditadura, é a mudança de comportamento dos jovens "passados" e dos jovens "presente/futuro"..
    Caracterizada pela falta de democracia, censura, perseguição política e repressão aos que eram contra o regime militar, marca a história do país e os participantes.
    O AI-5 que dava ao governo total direito de repressão e a juventude da época contrariando... fazendo crescer a culturasa época estendida até os dias atuais. Atualmente, a democracia bem à nossa frente, e acabamos por não lutar pelos nossos ideais e direitos. 1968 época marcada pela ditadura e música revolucionária!

    Maísa
    3ºEM

    ResponderExcluir
  24. 1968 realmente foi um ano-marco para nossa história.Diante de tanta censura e repreensão, os jovens foram corajosos e souberam revolucionar toda a história e não foi somente pela repreensão da Ditadura que esse ano ficou famoso,mas,também pelas mudanças que ocorreram a partir daí!
    O ano de 1968 foi o início da ditadura militar,foi o ano em que marcou muito,devido a esses acontecimentos,onde ocorreu as passeatasdos jovens.
    Foi o ano das manifestções contra o governo o marco da história.
    KISLEY E MARIA MARIANA 3 EM

    ResponderExcluir
  25. oi gente
    Esse ano foi marcante para nós brasileiros,mas não só ele como outros também.Mas a ditadura é um período marcante da história do nosso país.
    é especial também porque mostra que mesmo num período conturbado tinhamos pessoas que criavam coisas maravilhosas como os compositores e enfrentavam a censura e tudo mais.
    Tinham a coragem,mas com a estratégia de embutir os seus pensamentos na suas músicas.

    Camila F. G. Quintino

    ResponderExcluir
  26. Bons comentários ...

    E realmente ter 'reliquias', como um jornal valem a pena ...

    A intenção foi mostrar uma visão geral sobre o assunto, não caberia aqui uma análise maior sobre o tema, sim lançar algumas luzes sobre esse ano.

    Para tanto, fiz a opção em mostrar um ponto significativo, ou seja, tratar o lado "revolucionário" ou de esquerda!

    Também vale colocar que nem todo jovem dos anos 60 e 70 pegou em armas e saiu as ruas, no entanto, é irrefutável não se lembrar da juventude que fez a opção de não ficar em casa guardada por Deus.

    Os tempos mudaram e a juventude se transformou, com outros sonhos e objetivos. Isso não significa que todo jovem hoje não tem alguma ideologia pra viver (aliás, convivo como muitos que não estão aqui a passeio).

    Por fim, destaco que a democracia no Brasil sofre de seus poucos anos de vida e que a juventude pegou "tudo pronto", talvez tenhamos nos acostumados a ter tudo na palma de nossas mãos. O resultado disso sentimos diariamente quando percebemos que a política muitas vezes é politicagem.

    Valeu

    = ]

    ResponderExcluir
  27. Certamente é complicadíssimo falar sobre a ditadura. Essa passagem marcou o Brasil de tal forma, que suas cicatrizes ainda sangram. Toda a repressão, o medo, a censura, o poder totalitário, as torturas, simplesmente não podem cair no esquecimento. Na verdade, devemos aprender com isso. Eu não consigo entender como uma chama revolucionária se apaga, pois é isso que aconteceu. Aceitamos com passividade. Cada vez mais, notícias de corrupção infestam nossos jornais enquanto hospitais e escolas desmoronam de precariedade. O Q.I. dos brasileiros diminuiu ou somos apenas mesquinhas o suficiente para não protestar? A juventude de 1968 defendeu seus direitos e mesmo com todos os 'poréns' da ditadura, impôs sua vontade. Quando é que a nossa geração fará o mesmo?

    Débora Mai 3º EM

    ResponderExcluir
  28. BRUNA NOLDE:
    Não tem como não ver o ano de 1968 como um ano histórico e de grande importância na história mundial, e, principalmente do Brasil!
    Um ano conturbado, com grandes protestos, assassinatos, invasões de terra, quedas e subidas.
    Enquanto a Ditadura Militar vivia fortes dias aqui no Brasil, lá fora o Kennedy e o líder Luther King eram assassinados!
    Enquanto os jovens iam as ruas contra a DM protestar pelo seu direito a uma vida com liberdade, trabalhadores e estudantes fazem protestos na França!
    Se tivesse que escolher uma única palavra para esse ano seria: PROTESTO!
    Protesto no Brasil , na França, Na Itália, Na Alemanha e no mundo inteiro! Seja pela Ditadura, pela invasão de seu país, ou pela Guerra do Vietnã...não interessa. Estavam todos lá presentes com os pés nas ruas e a coragem no rosto indo buscar o que viam como de direito próprio, indo se opor a grandes autoridades e forças, e, mesmo assim sem perder a coragem motivada pelo desejo de mudança!
    Aqui no Brasil, a Ditadura rígida e muitas vezes injusta, levou jovens de vários lugares as ruas, movidos pela sede de liberdade de expressão , pela exaustiva repressão sofrida e pelo nacionalismo...queriam ver seu país como um país democrático, justo e correto! Não ficavam em casa assistindo aos notíciarios e reclamando das mesmas histórias, ELES FAZIAM A HISTÓRIA, mesmo sem saber...! Talvez, se as pessoas, e não somente os jovens...tivessem essas mesmas atitudes de cobrança , de querer mudar o errado e de fazer algo mais..talvez se preferissem a coragem ao comodismo, o nosso país poderia estar muito melhor e comandado por pessoas mais dignas a tais cargos!
    O ano de 1968 , este ano foi realmente um ano de transformações e grandes lutas...seja na arte, como na política...seja no pensamento como nas atitudes. Que nos deixa saudades, saudades de uma juventude que foi exemplo, não só no Brasil , como no mundo. Uma juventude que talvez não volte mais se não acordarmos. Acordarmos pra realidade de que nada é conquistado sem esforço.

    "Pobre de espírito aquele que não se aventurar,
    O Comodismo é um mal parasitário..."
    Forfun - Good Trip

    "Nasce de você a revolução, sufocada atrás da inércia.
    Amplifique a forma de pensar!"
    ...
    "Palmas pra você que ainda acredita na vitória dos que são de paz,
    E não desiste dos seus ideais!"
    Forfun - Viva La Revolucion

    Sem mais.
    Bruna Nolde
    3º EM
    Nº: 3

    ResponderExcluir
  29. Anny Holanda
    oiee eu sou estudante do ensino medio e estava a procura de um resumo sobre 1968 e encontrei tudo aqui!!
    muito bom parabenss!

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Primeiramente, gostaria de te dar parabéns pelo blog, muito completo. Não só isso, seus textos são bem redigidos e suas colocações, muito certas.

    Tenha uma boa noite.

    P.S.: usei esse texto num trabalho escolar, se não se importa, mas deixei os créditos.

    ResponderExcluir
  31. Adoreei muito bem explicado foi uma coisa bem escrita explicita e não cansativa ...
    Adoreii ler Parabéns à quem promoveu esta belissima reportagem...

    ResponderExcluir

Por favor, coloque seu nome e alguma identificação (cidade, profissão ou instituição).

Se for aluno do RAFAEL, coloque seu nome e série !

Os comentários NÃO são publicados diretamente no BLOG !!! Primeiro eu leio, aceito e posteriormente eles entram no ar ! ! ! !

= ]