24/08/2008

Racismo é burrice

Texto de Rafael Noronha
O título dessa postagem nos remete um pouco sobre uma questão já tratada nesse blog: a questão do preconceito (http://historiaeatualidade.blogspot.com/2008/05/muito-alm-do-13-de-maio.html). O título também é uma ligação com a música do Gabriel Pensador que reflete questões pertinentes:

"Salve, meus irmãos africanos e lusitanos, do outro lado do oceano"O Atlântico é pequeno pra nos separar, porque o sangue é mais forte que a água do mar"Racismo, preconceito e discriminação em geral;É uma burrice coletiva sem explicaçãoAfinal, que justificativa você me dá para um povo que precisa de uniãoMas demonstra claramenteInfelizmentePreconceitos milDe naturezas diferentes..."

Ao se falar em Brasil, parece que tal união só aparece em momentos festivos (lembrem-se da Copa do Mundo ou do Carnaval – momentos exemplares do orgulho brasileiro pela metade que temos)
Ilustração de Jean Baptiste Debret

"Mostrando que essa gente Essa gente do Brasil é muito burra E não enxerga um palmo à sua frentePorque se fosse inteligente esse povo já teria agido de forma mais conscienteEliminando da mente todo o preconceitoE não agindo com a burrice estampada no peito A "elite" que devia dar um bom exemploÉ a primeira a demonstrar esse tipo de sentimentoNum complexo de superioridade infantil Ou justificando um sistema de relação servilE o povão vai como um bundão na onda do racismo e da discriminaçãoNão tem a união e não vê a solução da questãoQue por incrível que pareça está em nossas mãosSó precisamos de uma reformulação geralUma espécie de lavagem cerebral"

Será que se esquecemos do passado escravista no Brasil, esqueceríamos do preconceito? Acredito que não, pois sem o escravo o Brasil não teria se construído enquanto nação. Aliás...

"Olhe a nossa história Os nossos ancestrais O Brasil colonial não era igual a PortugalA raiz do meu país era multirracialTinha índio, branco, amarelo, pretoNascemos da mistura, então por que o preconceito?"

Por Jean Baptiste Debret

Um dos pontos a serem discutidos é se o tal racismo ou preconceito ainda existe, pois não é raro ouvirmos que isso é coisa do passado.

"Racismo é burrice mas o mais burro não é o racistaÉ o que pensa que o racismo não existeO pior cego é o que não quer verE o racismo está dentro de vocêPorque o racista na verdade é um tremendo babacaQue assimila os preconceitos porque tem cabeça fracaE desde sempre não pára pra pensarNos conceitos que a sociedade insiste em lhe ensinarE de pai pra filho o racismo passaEm forma de piadas que teriam bem mais graçaSe não fossem o retrato da nossa ignorância"

E você? O que pensa sobre isso tudo? Já vivenciou algum tipo de preconceito? Acredita que a questão do racismo é coisa do passado?

13 comentários:

  1. Muito bom!

    Nome. Felipe Siqueira
    Ana Luisa Dantas
    2 EM

    ResponderExcluir
  2. O texto aborda, um tema que a maioria das pessoas ignora, mas que acontece muito até hoje.
    O racismo eh um problema que deve ser resolvido logo, porque todos somos iguais.
    Muito bom!

    Nome. Felipe Siqueira
    Ana Luisa Dantas
    2 EM

    ResponderExcluir
  3. Nome:Gabriel estevão n°05
    '''':Pedro Fili n°17


    Nós achamos que o preconceito é uma coisa muito burra na sociedade.

    Não devemos seguir os mesmos passos de nossos ancestrais,racistas,os nossos colonizadores também racistas.

    Não a questão do racismo não é uma coisa do passado,ele existe ainda hoje mais agora está sendo ''punido''.

    A sempre piadas racistas,que quando escutamos,ficamos pensando como o mundo poder ser tão burro e ao mesmo tempo tão ingenuo pois os negros são os nossos antepassados também e que ajudaram a formar o nosso país.

    ''DIGA NÃO AO RACISMO!!!''

    ResponderExcluir
  4. O racismo de uma maneira geral, sempre existiu,cada uma com sua forma e jeito de ser expressado,uns mais outros menos discretos,entretanto ele está presente em nosso cotidiano,talvez por ignorancia de uma minoria que se acha a maioria, ou aquele pré-conceito formado por falta de opinião,cultura e informação.Não mudará enquanto todos que tem essa mentalidade, adquirirem mais informação, deixando de lado coisas estéticas, como um pigmento que não diz sobre o que você é foi ou será.

    ANA PAULA FERREIRA SANSEVERO Nº02
    MARIANA GUIMARAES MARTINS Nº13

    ResponderExcluir
  5. o preconceito sempre vai estar presente eh dificil para o homem acitar as suas diferenças

    Pedro Tadeu
    João Paulo

    ResponderExcluir
  6. O próprio título retrata uma contradição, o Brasil que foi, e, é formado por diferentes raças, o Brasil que comemora festivais relativos a misceginação, engole esse preconceito, aceita e ainda o leva, como marca.


    Gabriel Gavazzi n° 4
    Vinícius Toledo n° 24

    2° EM

    ResponderExcluir
  7. O preconceito e a discriminação não são coisas do passado. Hoje ainda vivenciamos algum tipo de preconceito. Porém, a história está começando a mudar. Aos poucos o negro está sendo integrado à sociedade como já deveria ter sido a muito tempo.

    Larissa Nº:10
    Ana Carolina Nº:01 2ºE.M.

    ResponderExcluir
  8. o texto nos faz refletir sobre o racismo que infelizmente ainda existe no brasil em pleno século XXI.
    o racismo segue uma linha de "pensamento" totalemnte incoerente , se todos nós somos descendentes de uma missigenação de raças , não existe motivo para cristicarmos alguém. e mesmo se tivesse, a cor da pele não diz nada sobre ninguém.
    Mariana Togeiro
    Tulio Mira
    2º E.M

    ResponderExcluir
  9. Ao nosso modo de ver, concluimos que o racismo está presente no nosso cotidiano. A maioria das pessoas herdou desde a época da escravidão,um preconceito, que antes era explícito, e hoje através de piadas, brincadeiras de mau gosto se revela na mente do homem. E isso é uma falta de respeito, pois todos somos iguais, e toda essa "mistura de etnias" nos formou o que somos.. Dotados de inteligência, mas que infelizmente poucos sabem usar.


    NOME: Lethícia 11, Jorge Coutinho 08

    ResponderExcluir
  10. Racismo é uma forma de preconceito, isso não quer dizer que preconceito seja somente racismo.
    Acredito que preconceito é sim um problema a ser superado no mundo inteiro: 'português é burro', homossexualidade, deficiências mentais e físicas, exclusão da mulher, entre outros problemas de naturezas menores. Porém, por racismo muitas pessoas entendem exclusão de negros e no entanto, é também de índios, judeus e outras nacionalidades.
    Assim, o Brasil é um dos países menos racistas do mundo pois consegue conviver com extensas diferenças ainda que com atritos mínimos.
    Mas isso não tira de cena a idéia de combater preconceitos e racismos!
    Karen campos 2EM

    ResponderExcluir
  11. O comentario fala sobre um tema que esta neste mundo a seculos que a questão do racismo eu penso que racismo esta ligada a questao de etica do cidadão o cidadão é racista por si mesmo e não diferenciar um do outro .
    a questão do racismo é questao que temos que ver por que ela ja ta no mundo desde o inicio da escravidao , e os governos estao agindo de pouca a pior.

    Sérgio 2 ano

    ResponderExcluir
  12. o texto se refere a um tema muito sério , aborda a questão racial , se esquecermos do passado , podemos esquecer do racismo?
    devemos , ter mais respeito com os negros , pois somos todos iguais , mesma essência ........

    Manuel Gouvêa
    Mikael Cordeiro
    2 E.M.

    ResponderExcluir
  13. nome:Icaro 8ªano B aí esse texto é muito legal gstei muito é muito interessante fala da historia,fala do aniver do insa daqui de cruzeiro sp

    ResponderExcluir

Por favor, coloque seu nome e alguma identificação (cidade, profissão ou instituição).

Se for aluno do RAFAEL, coloque seu nome e série !

Os comentários NÃO são publicados diretamente no BLOG !!! Primeiro eu leio, aceito e posteriormente eles entram no ar ! ! ! !

= ]