20 de ago de 2013

Atualidades em Foco - EGITO em turbulência


JOGO RÁPIDA - Tema para você se informar mais: 

Desde de 2011 quando o Egito e vários países da região começaram a passar por um onda de revoluções prol tentativa de democracia, falou-se em Primavera Árabe, contudo parece que o título foi precoce, pois as convulsões registradas até hoje ainda não permitem um cenário realmente democrático.

Depois de mais de 30 anos de ditadura um novo presidente assumiu o poder em 2012, Mohamed Mursi, no lugar de Hosni Mubarak, que deixou o cargo em 2011.

Mursi foi deposto após um grande número de manifestantes sair às ruas pedindo sua saída por causa do viés islâmico que ele estava dando ao governo secular.
Já no dia 16 de julho de 2013, Adly Mansour, presidente interino do Egito, empossou seu gabinete provisório. Nas últimas semanas uma grande ofensiva liderada pela Irmandade Muçulmana ( uma organização islâmica fundamentalista, opõe-se radicalmente às tendências seculares de algumas nações islâmicas, como o Egito, e pretende "retomar" os ensinamentos do alcorão , rejeitando qualquer tipo de influência ocidental ) vem tentando reconquistar o poder para Mursi, causando uma onda de violência. 
Cerca de 900 pessoas, manifestantes pró-Morsi em sua grande maioria, foram mortas em seis dias em todo o país.
Os conflitos parecem estar bem longe de um desfecho, mobilizando reflexões de diversos países para interferirem ou não na região. Vale a pena continuar se informando sobre o tema.
É isso ai,
FORÇA SEMPRE e