17 de out de 2011

Jogo Rápido – Guerra dos Cem Anos

A guerra começa em 1337 e se encerra em 1453, portanto a Guerra dos Cem Anos durou 116 anos e não foi um conflito sem interrupções.

Os problemas se originaram bem antes de 1337, pois no ano de 1066 o duque Guilherme, da Normandia (região da França) conquistou a Inglaterra, tornando-se rei. A partir disso tanto Guilherme quanto seus sucessores passaram a serem donos do trono inglês e súditos dos reis franceses.

Em 1328, o rei da França, Carlos IV morreu sem deixar um herdeiro, por conta disso, o rei inglês, Eduardo III considerou-se pretende ao trono por ser seu sobrinho e súdito. Claro que os nobres franceses não aceitaram isso e escolheram o conde francês, Felipe, para rei.

Insatisfeito com a frustração de seu golpe político, Eduardo III preparou-se para guerrear contra os franceses.

Na primeira fase do conflito, a vantagem inglesa demonstrou-se em esmagadoras vitórias sobre os franceses.

A partir de 1360 até 1420 a guerra entrou num período de paz não declarada, que foi quebrada quando o rei inglês, Henrique V, assumiu o trono e tentou reivindicar o poder da França.

Essa fase final do conflito foi favorável aos franceses e comandados por uma grande personagem histórica, Joana D’Arc, que se dizia predestinada a libertar a França do comando inglês.



 Com um pequeno exército de 5000 homens, conseguiu readquirir a região de Orleans para a coroa francesa. Movidos pelo sucesso da camponesa de apenas dezesseis anos, os franceses tentaram novas conquistas ao rei Carlos VII.

Os triunfos militares de Joana d’Arc cessaram quando, vítima de uma traição, foi entregue às autoridades britânicas. Condenada à fogueira por feitiçaria, Joana teve sua sentença cumprida em 1431.

O fim da guerra é marcado pela batalha de Castillon, em 1453, quando foi capturada a cidade de Bordeaux, o último reduto inglês. Isto significou, efetivamente, o fim da guerra com a derrota inglesa.

Sua importância histórica está no fato de fortalecer as monarquias nacionais nestes dois países, em especial na França.