22 de mar de 2014

Era Uma Vez... Teatro 2º EM e 3º EM – Av2 2º Tri – INSA

Nossa Avaliação Mensal 02 do 2º trimestre será em forma de teatro e conforme combinado será um grupo apenas por turma.

O tema é “Era uma vez... Valores e Histórias” - Valores salesianos apresentados de forma lúdica (Valores que fazem parte da nossa morada).

Os contos de fada estão cada vez mais em alta com tantas releituras, atualizações e novas versões para crianças e adultos, contudo, não é de hoje que essas narrativas tem destaque na História.










Na formação de nações até o século XIX a literatura tinha o papel de agregar culturas e difundir a língua da nova nação. Um bom exemplo é Alemanha, onde os irmãos Jacob e Wilhelm Grimm “estão entre os principais responsáveis pela difusão da língua alemã. Durante suas pesquisas, organizaram e adaptaram em língua alemã cerda de 200 contos para crianças. Extremamente populares, eles pertenciam à tradição dos diferentes povos germânicos e eram passados oralmente, de geração a geração. Entre eles estavam Cinderela, Rapunzel e Chapeuzinho Vermelho. Lidos compulsivamente, eles ajudaram a formar assim os futuros alemães. Afinal, não era apenas um idioma comum que se difundia, mas toda uma cultura, com seus intricados sistemas de valores”. (Livro 3º EM – Rede Salesiana de Escolas – p. 27)

Portanto, conto de fada é coisa séria!

Atenção
- Faça um teatro “leve”.
- É teatro, não é aula de História.
- Caprichem em cenário e figurino.
- TEMPO: 15 / 20 minutos

Avaliarei: apresentação, tempo, organização (e agilidade para se arrumar, para arrumar o  cenário, a limpeza do palco, a organização das cadeiras do auditório etc.) e disciplina (na apresentação dos grupos, nos corredores, durante a aula, nas saídas e entradas no auditório) No dia da apresentação: usar os banheiros de baixo!!!! = ]

      Roteiro do Teatro (fonte: times New Roman ou Arial – tamanho: 12 alinhamento: justificado – cor: preta) –entregar no dia da apresentação para a Avaliação de História – 25 de Junho

® Capa:
·         No alto da página – Nome do GRUPO (inventem o nome)
·         No centro da página – Nome da Peça de Teatro
·         Abaixo do Nome da Peça de Teatro – Colocar disciplina / nome do professor / série
·         No final da página: Nome da Escola e ano

® Desenvolvimento:
·         Primeira Página: Nome dos personagens e dos alunos. O grupo poderá escolher alunos para fazer trabalho de apoio: SONOPLASTIA, ASSISTÊNCIA, CENÁRIO e FIGURINO. Os nomes deles deverão aparecer logo abaixo da lista de personagens e assim como os outros alunos, deverão participar igualmente – da criação aos ensaios. Registrem a cada encontro: quem esteve presente (faça lista de chamada e tire fotos – é preciso provar que toda a sala realmente fez o trabalho)

·         Páginas seguintes: roteiro com as falas, as ações e as músicas usadas.

·         Regras: tempo de duração de 10 minutos no mínimo e de 20 minutos no máximo


Observações e dicas:

·         Ensaiar postura no palco e pronúncia;
·         Não ficar de costas para a plateia;
·         Falar de devagar, articulando bem as palavras;
·         Uma boa trilha sonora sempre enriquece o teatro;



Aconteceu – Era Uma Vez... Teatro do 2º EM e do 3º EM

Os alunos do 2º ano EM e do 3º ano EM do INSA Cruzeiro-SP apresentaram no encerramento do semestre, peças teatrais na disciplina de História, professor Rafael Noronha, com o tema. “Era uma vez... Valores e Histórias” - Valores salesianos apresentados de forma lúdica (Valores que fazem parte da nossa morada).
Os contos de fada estão cada vez mais em alta com tantas releituras, atualizações e novas versões para crianças e adultos, contudo, não é de hoje que essas narrativas tem destaque na História.
Na formação de nações até o século XIX a literatura tinha o papel de agregar culturas e difundir a língua da nova nação. Um bom exemplo é Alemanha, onde os irmãos Jacob e Wilhelm Grimm “estão entre os principais responsáveis pela difusão da língua alemã. Durante suas pesquisas, organizaram e adaptaram em língua alemã cerda de 200 contos para crianças. Extremamente populares, eles pertenciam à tradição dos diferentes povos germânicos e eram passados oralmente, de geração a geração. Entre eles estavam Cinderela, Rapunzel e Chapeuzinho Vermelho. Lidos compulsivamente, eles ajudaram a formar assim os futuros alemães. Afinal, não era apenas um idioma comum que se difundia, mas toda uma cultura, com seus intricados sistemas de valores”. (Livro 3º EM – Rede Salesiana de Escolas – p. 27)

Portanto, conto de fada é coisa séria! As peças serão reapresentadas em outubro na Jornada da Juventude.